Como Vender Fotos Online em 2022 — Guia Completo

Quando você analisa a popularidade das imagens de stock como um recurso criativo, é apenas uma questão de tempo até você começar a pensar em vender as suas fotos on-line. E isso é possível, mesmo não sendo um fotógrafo profissional. Se você tem boas habilidades e bons equipamentos para tirar belas fotos e de alta qualidade, esta é uma excelente oportunidade de ganhar um dinheiro extra.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 2

O mercado do banco de imagem em 2022 tem seus próprios métodos e oferece boas opções para vender fotos na internet, algo que tem evoluído muito em relação há alguns anos devido ao “boom” do e-commerce.

Sendo assim, estamos trazendo toda a nossa experiência e conhecimento profissional através deste guia completo para ajudá-lo a se tornar um verdadeiro colaborador de fotos de stock e a vender fotos na internet.

Aqui você tem tudo: desde as melhores formas de vender, seu público alvo, dicas dos melhores bancos de imagem, até as melhores expectativas de fluxo de trabalho e gerenciamento!

Bancos de imagens: a forma mais fácil de vender fotos online

Na verdade, quando se trata de ganhar dinheiro vendendo fotos ou ilustrações online, disponibilizá-las em um banco de imagens sob uma licença royalty free é a melhor maneira de maximizar os ganhos. Você pode ganhar mais com o licenciamento de uma foto repetidas vezes do que vendê-la com direitos autorais incluídos uma única vez. Já tem um bom tempo que muitos descobriram que esse método é muito mais lucrativo.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 3

Não há melhor forma de vender fotos online do que enviá-las para um banco de imagens. Bancos de imagens são agências de imagens de stock que intermediam a venda de fotos por oferecer um enorme catálogo de conteúdo provindo de colaboradores em seus próprios sites (eles funcionam como um e-commerce). Elas licenciam as imagens e cobram apenas uma comissão pela venda. Isso reduz significativamente a sua carga de trabalho e custos, pois você não precisa se preocupar com serviços de hospedagem em sites, criação de loja online, aspectos legais de seu negócio e todos os encargos envolvidos com o comércio eletrônico. Elas cuidam de tudo! Sem mencionar que esses bancos de imagens possuem mecanismos de pesquisa de última geração, curadoria dedicada e recursos de bônus fáceis de usar que atraem clientes de uma maneira que provavelmente uma pequena loja virtual não conseguiria.

Você também não precisa se preocupar com a integridade do seu trabalho. Agências de stock sérias protegem suas imagens com fortes marcas d'água, contratos de licenciamento rígidos e politicas de segurança muito eficientes.

Além disso, você pode automatizar e acelerar o processo de envio do seu conteúdo com softwares avançados e ferramentas e plugins de última geração (como FTPs ou palavras-chave automáticas com inteligência artificial). Algumas agências, como a Shutterstock, oferecem suas próprias ferramentas para auxiliar os seus colaboradores.

Os benefícios são imbatíveis.

Como Vender suas Fotografias Online

Então, como vender o seu trabalho em um banco de imagens? É relativamente simples. Tudo o que você precisa fazer é se inscrever como colaborador no site da agência escolhida e enviar um lote inicial de imagens para avaliação. Todos os bancos de imagens de boa reputação têm instruções muito claras sobre o processo de inscrição e diretrizes detalhadas de envio que incluem o tipo, o formato do arquivo desejado, os tamanhos máximo e mínimo de arquivo, os requisitos técnicos de qualidade, etc.

Um fator muito importante a ter em mente quando for enviar fotos para um banco de imagens é que você deve ser o proprietário dos direitos autorais de todo o conteúdo enviado e incluir autorizações de modelo e de propriedade para todas as imagens que retratam pessoas reconhecíveis e/ou propriedade privada. As agências são bem exigentes em relação às diretrizes de questões legais e proteção, por isso é fundamental conhecê-las e cumpri-las.

Os Melhores Bancos de Imagens para Vender Fotografias

Existem muitos bancos de imagens espalhados pela web — basta dar uma olhada no tamanho deste mercado —, mas é claro que sempre há alguns que seguramente são melhores para vender suas imagens online do que outros.

Shutterstock 

wwww.shutterstock.com homepage

A Shutterstock é uma das empresas líderes no setor de fotografias de stock, como você pode ver na nossa análise da Shutterstock. O programa Shutterstock para colaboradores (Shutterstock Contributor) é um dos melhores para você participar, pois conta com uma grande base de clientes que garante que suas imagens sejam expostas a milhões de potenciais compradores em todo o mundo e, consequentemente, você tem um maior potencial de ganhos. Além disso, a agência trabalha facilitando o lado do colaborador, oferecendo ótimas funcionalidades: sugestão automática de palavras-chave, rastreamento em tempo real de vendas e ganhos, post e vídeos informativos e até a opção de um aplicativo Shutterstock para colaboradores, que ajuda a gerenciar a sua conta e até enviar arquivos diretamente do seu iPhone ou smartphone Android.

Como vender fotos online

Na Shutterstock, o que você pode ganhar com suas imagens dependerá do seu desempenho e dados gerais. A agência possui um sistema de classificação em que o seu número geral de vendas o coloca em diferentes níveis, de 1 (ponto inicial) até 6, sendo que o nível mais alto garante uma taxa de royalties mais alta. Dependendo de onde você está, você pode ganhar entre 15% e 40% do preço de cada venda. O limite de pagamento é de US$ 35,00.

A Shutterstock já pagou mais de US$ 1 bilhão em royalties aos seus colaboradores. Então, certamente podemos garantir que este é bom lugar para começar.

Shutterstock Contributor

Inscreva-se usando o seu email e usuário para começar a ser um colaborador na Shutterstock.

Adobe Stock

www.adobe.com homepage

Adobe Stock é o serviço de imagens nativo da Adobe (que tem como base a antiga agência Fotolia). Ele é muito popular entre os criativos visuais. Para saber mais detalhes sobre a empresa, basta consultar a nossa análise da Adobe Stock. O principal diferencial para compradores e colaboradores é que ele está totalmente integrado ao Adobe Creative Cloud, acessível diretamente dos apps Adobe. Se você usa o software de edição de fotos da Adobe (como o Photoshop, por exemplo) para editar as suas imagens, também poderá usar a sua tecnologia para vender seu trabalho na Adobe Stock. Palavras-chave alimentadas por IA, importação direta de álbuns do Adobe Lightroom e acesso ao Adobe Portfolio são algumas das vantagens de ser um colaborador da Adobe Stock.

www.adobe.com

Na Adobe Stock você recebe royalties de 33% para cada imagem que vender e, levando em conta a popularidade e favoritismo da Adobe na comunidade criativa, as chances de ganhar um bom dinheiro são altíssimas.

Inscreva-se já e registre seu e-mail para se tornar um colaborador Adobe Stock.

www.adobe.com
Nesse momento, você pode estar se perguntando: qual é melhor para vender fotos, a Shutterstock ou a Adobe Stock?
A Shutterstock seria uma boa opção se você tiver imagens com estilo mais comercial. A agência possui uma grande base de clientes, empresas e profissionais de marketing. Mas o problema é que você começa com comissões baixas e precisará vender constantemente para atingir uma receita maior.
Já a Adobe Stock, coloca suas imagens na frente de milhões de criativos por meio da sua fonte, a Adobe Creative Cloud. Por isso, ela é ideal se você tiver fotos mais artísticas e, acima de tudo, modernas. As comissões de maneira geral são muito boas — não chegam a ser ótimas, mas são fixas, o que significa que você ganhará, não importa o quanto venda.
Podemos dizer que, ambos os sites são potencialmente bons se desejar ganhar dinheiro vendendo as suas imagens.

iStock e Getty Images

www.istockphoto.com homepage

A iStock — anteriormente iStockphoto — é uma renomada agência de fotografias de stock, famosa por ser uma das poucas a oferecer imagens exclusivas (que você não encontrará em nenhum outro lugar) e que já por muitos anos pertence à Getty Images, uma das potências em fotografia e uma das mais prestigiadas agências do mundo. Você pode obter mais detalhes em nossas análises da iStock e da Getty Images.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 4

Vender suas fotos na iStock é um ótimo negócio. Tudo o que você precisa fazer é baixar o aplicativo para Colaboradores da Getty Images (contributor by Getty Images), registrar-se como um usuário/colaborador e enviar de 3 a 6 imagens como amostras do seu trabalho. A agência irá analisá-las e, caso aceite suas imagens, enviará uma notificação. Caso apresente um excelente trabalho, poderá ser convidado a contribuir para a iStock ou até mesmo para o site principal Getty Images

Todos os colaboradores da iStock começam como não-exclusivos, ganhando 15% de royalties por imagem vendida, mas, uma vez aceito, você pode se inscrever para se tornar exclusivo e, se aprovado, passa a ganhar entre 25% e 40% por venda. Já os colaboradores da Getty Images são todos exclusivos e recebem 20% em cada venda (lembre-se que os preços da Getty Images são consideravelmente mais altos), então você certamente ganhará mais por cada venda.

www.istock.com

Inscreva-se para tornar-se um colaborador da iStock/Getty Images.

Como Aumentar seus Ganhos como um Colaborador em um Banco de Imagens (Descontos Exclusivos)

Já falamos sobre como se inscrever e quais são as melhores agências a ser consideradas. Mas, o que é preciso para realmente vender imagens em um banco de imagens? Como aumentar os ganhos na Shutterstock, por exemplo? Vamos ver.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 5

1. Qualidade

Em primeiro lugar, você não precisa ser um fotógrafo profissional. Tudo o que você precisa é fazer o upload de imagens em alta qualidade! Isso significa que os arquivos precisam estar em tamanho grande e em alta resolução para que os compradores possam adaptá-las as suas demandas em todos os diferentes padrões de tamanhos de fotos — e também de composição, já que as imagens mais vendidas são aquelas que geram um melhor engajamento por terem um real valor comercial e disparos habilidosos, pois em grande parte serão usadas em anúncios. Hoje, o mercado está cheio de profissionais e fotos digitais de altíssimo valor. Então, para que seu trabalho seja visível e competitivo, ele precisa ser de altíssima qualidade.

2. Equipamento

Com relação a equipamentos, uma vez uma boa câmera DSLR era requisito obrigatório. Porém, com a tecnologia da fotografia em dispositivos móveis super popular, hoje é possível obter excelentes resultados com a câmera do seu smartphone, já que ele é capaz de fotografar em alta resolução (claro que é necessário ao menos habilidades de fotografia e edição básicas). Por isso é tão importante levar em conta que as bibliotecas dos bancos de imagens estão cheias de fotos tecnicamente “perfeitas” tiradas por profissionais dedicados, o que exigirá de você alta dedicação se quiser que as suas também sejam competitivas.

3. Edição de imagem

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 2

Por fim, o próximo passo é trabalhar as imagens para eliminar imperfeições, como ruído e nitidez, além das edições básicas que ajudam a promovê-la melhor (como a correção de cor, por exemplo). Uma imagem bem editada faz toda a diferença na hora de vender, especialmente se você pretende que ela se destaque nas redes sociais!

A melhor forma de fazer isso é com editores de imagem profissionais, como os incluídos na plataforma Adobe Creative Cloud. O Adobe Photoshop, por exemplo, é o mais popular no ramo de edição profissional. Já o Adobe Illustrator é voltado a ilustrações digitais. O Adobe Lightroom, por fim, oferece algumas vantagens de fluxo de trabalho, como a edição de predefinições que ajudam a obter uma finalização profissional, além da possibilidade de edição de pacotes de imagens de uma só vez.

Essas ferramentas apresentem um custo considerável, então, aproveite essas ofertas:

Essas ferramentas nessas plataformas, apresentam um custo considerável. Então, nada melhor do que adquiri-las com um super desconto:

adobe creative cloud
Adobe Photoshop
Adobe illustrator

Tenha em mente que essas ferramentas requerem um grau elevado de habilidade e apresentam uma curva de aprendizado de nível profissional para produzir bons resultados. Felizmente, existem hoje outras ferramentas para fotos com inteligência artificial que são muito práticas para editar imagens como um profissional, mesmo que você não tenha as habilidades necessárias.

Em outras palavras, as imagens digitais precisam ter qualidade profissional se você deseja que elas sejam vendidas como uma imagem de stock.

O que você precisa saber como um colaborador de um Banco de Imagens

Vender suas fotos por meio de um banco de imagens é relativamente simples. Porém, há aspectos importantes a serem conhecidos e levados em conta:

Taxas de royalties — Os principais e mais confiáveis bancos de imagens destinam uma taxa de royalties para o artista (extraem essa taxa de sua própria comissão). Nas agências mais populares essas taxas pagas ao artista costumam ser baixas. Saber que as empresas listadas acima tiram até 85% dos lucros das vendas talvez o deixe indignado, mas você não deveria ficar, pois isso é muito comum nesse setor. Existem algumas agências que dividem os lucros em 50/50. Já outras, até destinam uma taxa mais alta. O detalhe é que essas agências que oferecem uma margem de lucro maior não vendem tantas imagens e, no final das contas, 50% de muito pouco acaba sendo quase nada. Então, por mais que o lucro seja baixo, a melhor aposta é vender nas agências mais populares, onde você pode ganhar menos por venda, mas ter maiores chances de vender mais.

Direitos de Copyright e Autorizações — os bancos de imagens vendem licenças para downloads digitais dos seus trabalhos. Os direitos autorais não são transferidos nem para os compradores e muito menos para a agência. Você continuará sendo sempre o dono de todo o seu trabalho.

Algo essencial é que você deve ser o detentor legal dos direitos autorais de todos os arquivos que enviar às agências. Além disso, você deve incluir uma autorização de modelo sempre que for pertinente. As agências levam essas questões jurídicas muito a sério já que tem muita gente baixando fotos diretamente do Google.

Termos de Licença — Embora a maioria dos bancos de imagens trabalhe com licenças royalty-free que são padronizadas, cada agência tem a sua própria licença personalizada, o que sugere que você verifique tanto os direitos de uso concedido aos compradores, quanto todos os requisitos legais e garantias que você (vendedor) deve fornecer. Não fazer isso pode resultar em muita dor de cabeça.

Ganhos Potenciais — As imagens royalty free são vendidas por valores entre US$ 0,20 e US$ 20,00 por unidade (cada agência define seus próprios preços, embora exista uma base). Tendo em mente que apenas 40% disso vai para o seu bolso e que as melhores agências disponibilizam uma enorme quantidade das mais diversificadas fotografias, como iniciante você não conseguirá fazer muito dinheiro de forma rápida. Construir seu portfólio e fazer grandes vendas a ponto de garantir uma boa renda mensal levará um certo tempo e, em geral, terá sempre mais trabalho do que resultado.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 7

As melhores dicas para colaboradores de bancos de imagens

Após saber como vender suas fotos em um banco de imagens e o que esperar dessas vendas, temos algumas dicas especiais de nossos especialistas do setor que o ajudarão a impulsionar os seus negócios como um colaborador de imagens de stock.

Fique ligado nas tendências visuais

Bancos de imagens normalmente têm listas de conteúdos on demand para os colaboradores se inspirarem. Mas, você também precisa estar por dentro de todas as tendências visuais. Guias, como nosso relatório anual de tendências fotográficas, são uma dica de ouro. Além disso, você também deve ficar de olho nos acontecimentos ao redor do mundo. Saber o que se está vendendo recentemente é outra ótima dica e a nossa lista das imagens mais baixadas pode dar aquela “mãozinha” nisso.

O conteúdo visual de 2021, por exemplo, foi consideravelmente afetado pela pandemia da Covid-19. Além da Covid, movimentos sociais como Black Lives Matter, Stop Asian Hate, ativismo pelas mudanças climáticas e iniciativas feministas estão em evidência e são apresentados em muitos produtos.

Ainda falando em tendências, o estilo autêntico está em evidência e se sobrepondo a todas as outras por oferecer imagens de nicho.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 8

Construa um portfólio

A fotografia de stock é um negócio baseado em volume. Para vender mais, você precisa enviar mais imagens para as agências. E não estamos falando de qualquer imagem! Mesmo não sendo um profissional, ter sucesso como colaborador requer um planejamento cuidadoso, criar um belo portfólio em cada agência e manter a qualidade e estilo consistentes para que os clientes optem pela melhor compra.

Regra 80/20

Um bom negócio em um banco de imagens também está relacionado aos números, seguindo um esquema clássico de 80/20: apenas 20% dos colaboradores ganharão mais vendendo fotos de stock. Consequentemente, a maioria 80% ganhará menos.

Gerenciar expectativas

No início dos anos 2000, quando o microstock — a venda de imagens on-line com um limite mínimo de pagamento — se tornou um método, ele virou um esquema de enriquecimento rápido, tanto para as empresas quanto para os fotógrafos. Aqueles que se engajaram naquela época, naturalmente são os maiores ganhadores até hoje.

Mas muita coisa mudou nos últimos 20 anos. A indústria continua “florescendo” de forma saudável. Porém, com os tantos bilhões (você não leu errado) de imagens de todos os tipos e assuntos disponíveis para download em toda a web e tantos contribuidores tentando obter o seu meio de negócio, o mercado está ficando saturado.

Será que estamos querendo dizer que é tarde demais para começar? Certamente não. Porém, realisticamente falando, queremos dizer que as suas expectativas não podem ser as mesmas de obter lucro com fotos de stock como era antigamente. Na melhor das hipóteses, hoje, você pode obter uma boa renda passiva ou suplementar para financiar seus outros empreendimentos criativos ou aumentar seus ganhos gerais incluindo todas as suas fontes.

Muitos artistas combinam fontes de receita para tirar mais proveito de suas imagens, como impressões de fotos, por exemplo, onde você pode vinculá-las seu portfólio a serviços de impressão on demand e vendê-las como fotos impressas.

Perguntas Frequentes

Veja as respostas as perguntas mais comuns que a maioria dos colaboradores tem sobre a venda de fotos online.

É mesmo possível ganhar dinheiro vendendo fotos online?

Sem sombra de dúvidas. Basta uma pessoa baixar alguma de suas imagens em um banco de imagens e você já estará ganhando.

Apenas lembre que suas expectativas devem ser realistas. Esta é uma forma de obter dinheiro extra, não o seu principal meio de vida.

Eu terei algum custo para ser um colaborador de um banco de imagens?

Nenhum. Os sites de fotos de stock mais confiáveis não cobram nada dos colaboradores para se inscrever e enviar seus trabalhos.

Como posso me tornar um colaborador de um banco de imagens?

Basta se registrar na área de colaboradores em uma agência de fotos de stock e enviar algumas imagens de amostra. Uma vez aprovado, você pode começar a enviar mais imagens para o catálogo imediatamente.

Quanto posso ganhar com minhas imagens? Será que vale a pena?

Não há uma estimativa real para o quanto você pode ganhar, mas, nas condições atuais do mercado — muitas imagens, muitos colaboradores, muita concorrência —, você pode, com otimismo e bom conteúdo, fazer, quem sabe, umas centenas de dólares nos primeiros meses, chutando por cima. Se você fizer um trabalho sério e se dedicar nisso, esse número pode crescer potencialmente.

Se vale a pena ou não dependerá de você, de quais são suas expectativas e do material que você tem.

Como Vender Fotos Online em [wpsm_custom_meta type=date field=year] — Guia Completo 9

Qual é a comissão dos Bancos de Imagens?

As agências de fotos de stock cobram em média entre 60% e 80% sobre cada venda.

Quais fotos vendem mais?

A resposta a esta pergunta pode variar, pois o mundo visual está em constante evolução. Em termos gerais, fotos de pessoas são o best-seller de todos os tempos. Já o estilo realista e o gênero autêntico é o mais popular já por vários anos, sem sinais de declínio.

Então, você está pronto para vender imagens online? Você tem alguma pergunta que não foi abordada aqui? Deixe um comentário e teremos o maior prazer em responder!

Ivy Attie

Ivy Attie

Eu sou Diretora de Conteúdo, Pesquisadora e Autora da Stock Photo Press e de suas muitas publicações sobre mídia de estoque. Eu sou uma comunicadora apaixonada pelo conteúdo visual e possuo uma sede inesgotável de conhecimento. Tive a sorte de entrar no mundo das fotografias de acervo trabalhando lado a lado com renomados especialistas. Sou feliz em compartilhar com toda a comunidade criativa minhas pesquisas, opiniões e conselhos sobre direitos de uso de imagens, ofertas de ações fotográficas e da indústria de mídia de ações. Minha formação é em Comunicação e Jornalismo, e amo literatura e artes cênicas.

Bancos de Imagens
Logo
Shopping cart