Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock!

O mundo evolui e, a medida que as fotos em 360°, a realidade virtual (VR) e os visuais em 3D já não são a grande novidade, o ano de 2022 girará em torno de imagens criadas por IA (inteligência artificial): imagens inteiramente geradas por softwares e aplicativos de última geração.

Esta mais recente tecnologia visual permite que qualquer pessoa crie fotos incrivelmente realistas que não foram tiradas com uma câmera ou pinturas tecnicamente perfeitas que não foram pintadas por ninguém, mas, que foram simplesmente geradas por um computador usando somente um método de descrições.

Como um gênero de imagens totalmente novo da internet, a arte criada por IA que, inclusive, já faz parte das ferramentas Google e Twitter, está ganhando força nos bancos de imagens. Elas apresentam novos desafios e abrem lacunas para novas ferramentas de software preencherem.

Vamos conferir o status dessa nova tecnologia na área das fotos de stock e outros designs gerados com IA. Isso é, sem dúvidas, emocionante!

As Imagens Criadas por IA são um formato de mídia totalmente novo

A grande novidade sobre as imagens criadas por IA é que elas apresentam um conceito completamente novo na geração de conteúdo visual — a mídia sintética.

Imagens sintéticas não são imagens criadas por alguém a partir de uma câmera ou de um programa de ilustração/pintura digital, mas sim por robôs de um software inteligente que cria imagens a partir de informações de texto recebidas.

Em vez de capturar ou desenhar uma imagem, o usuário apenas introduz uma breve descrição do que deseja e a IA criará uma representação visual dessa ideia a partir do zero em um prompt de texto. 

A vAIsual é uma agência pioneira neste mercado e se destaca em imagens criadas por IA. Ela chama essa tecnologia de “algoritmo de câmera” (algorithmic camera) e podemos concluir que essa é a descrição mais exata disso. 

Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 2

Visuais gerados por IA são potencialmente ilimitados

O principal valor das fotos criadas por IA está nas possibilidades que elas abrem para os criativos e especialmente para o usuário de redes sociais. Você pode criar uma pintura a óleo perfeita (inclusive de um aplicativo), mesmo sem ter nenhuma experiência ou sem ter pego em um pincel alguma vez. Por exemplo: você poderá criar imagens realistas das pirâmides de Gizé mesmo sem nunca ter saído da cidade onde mora. 

Arte criada por IA

Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 3

Com imagens criadas por IA, todos podem se tornar artistas visuais e nada estará fora dos limites. Ao menos essa é a promessa da ferramenta.

Já existem ferramentas disponíveis para testar isso. O Deepart.io e o Go Art Editor da Fotor são criadores de arte através de IA que permitem fazer o upload de uma imagem, selecionar entre uma ampla variedade de estilos de arte (como Claude Monet ou surrealismo, por exemplo) e então gerar uma bela pintura a partir dessas informações. Claro que este método ainda está há um passo da arte de IA completa, que seria ter uma ferramenta com a capacidade de criar artes através de IA a partir de um prompt de texto ao invés de imagens já existentes como base, mas, eles estão quase lá.

YouTube

By loading the video, you agree to YouTube's privacy policy.
Learn more

Load video

Além desses softwares de arte com IA, há um número crescente de ferramentas de fotos com IA que realmente vão dar um plus em todo o seu processo criativo!

DALL-E e DALL-E MINI da OpenAI

Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 4

Com certeza, você deve estar se perguntando quando iríamos mencionar o DALL-E, o criador de imagens com IA do consórcio OpenAI do Elon Musk capaz de gerar conteúdo a partir de textos ou palavras. Essa é uma ferramenta que recentemente ganhou mais relevância neste mercado, pois foi disponibilizada ao público (via convite) e com plenos direitos de uso comercial.

Assim como os outros pioneiros mencionados acima, a OpenAI desenvolveu o DALL-E, e o DALL-E MINI um sistema de geração de imagens baseado em sua própria tecnologia CLIP — que usava uma rede neural para extrair descrições abrangentes das imagens. Enquanto o DALL-E em sua primeira versão tinha relativa eficácia na hora de gerar imagens a partir de descrições de textos (combinando objetos em imagens em uma espécie de colagem, por exemplo), a qualidade da imagem ficava baixa em termos de contagem de pixels trazendo resultados não tão bons.

Já a DALL-E 2 – a versão mais recente deste software, pode gerar imagens muito mais precisas e de maior qualidade, a partir de descrições de linguagem natural. Sejam elas fotorrealistas, ilustrações ou imagens em estilo de pintura, o software pode criar todos os tipos de imagens, mesmo as divertidas, como um astronauta em um cavalo, uma tigela de sopa sendo um portal para uma outra dimensão e assim por diante. Ele também pode fazer edições em imagens usando apenas descrições textuais, além de gerar variações a partir da imagem original.

YouTube

By loading the video, you agree to YouTube's privacy policy.
Learn more

Load video

Desde então, a ferramenta com IA capaz de gerar qualquer imagem, tem atraído cerca de um milhão de usuários em sua lista de espera e oferece a eles uma cota de créditos gratuitos para gerar, editar ou criar variações de imagens, além da oportunidade de comprar mais créditos, se necessário. O principal destaque do software, no entanto, é o fato de que todas as imagens criadas na DALL-E vêm com direitos totais de uso, incluindo os direitos de reimprimir, vender e comercializar o conteúdo gerado. Em termos simples, é possível que os usuários lucrem com os seus recursos visuais gerados.

Saiba mais sobre a DALL-E e como ser um usuário!

O grande destaque é as artes criadas por IA que mostram fotos de pessoas e a tecnologia empregada

Nenhuma imagem está fora dos limites da IA, e isso inclui fotografias de estilo de vida (também conhecida como Fotos de pessoas). Esse gênero em fotografias de stock é o mais prolífico de todos.

Embora as fotos de pessoas reais são o maior best-seller de todos os tempos, elas também são consideradas as mais difíceis de fotografar. Isso porque você precisará de modelos — sejam profissionais ou não — e, consequentemente, de suas autorizações para a liberação de uso de imagem. O licenciamento das fotos de pessoas também envolve o respeito às cláusulas de uso sensível. E mesmo que nenhuma liberação de modelo seja tão restritiva, o uso indevido de uma imagem ainda poderá trazer problemas.

É aí que as fotos de pessoas criadas por inteligência artificial (AI) fazem toda a diferença. Elas são, simplesmente, fotos “fake” de pessoas que, embora sejam muito realistas, não são reais, nunca existiram e eliminam todos os estereótipos.

vAIsual: uma pioneira em fotos “fake” de pessoas legalmente autorizadas para uso

Imagens criadas com IA
Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 5

A vAIsual, é uma agência especializada em mídias de stock sintéticas e licenciadas. Criada pelas lendas em mídias de stock Michael Osterrieder e Nico Menijes, junto com os experientes em negócios Mark Milstein e Istvan Novak, esta empresa à frente do mercado, pois no início deste ano eles lançaram a sua coleção de rostos de pessoas gerados com IA — você não entendeu errado! Eles criaram imagens e fotos de pessoas que não são reais. Eles fazem isso usando as chamadas GANs (rede generativa adversária) e uma tecnologia de descrição de imagem, além de seus próprios dados de criação.

Mas não é só isso. A empresa também lançou seus conjuntos de dados para você gerar as suas próprias imagens de rostos “fake” com a mais alta qualidade. Isso resolve não apenas questões referentes a contratação de modelos, mas também oferece controle total sobre a aparência dos novos rostos em suas imagens (idade, gênero, etnia, expressão emocional, penteado — tudo conforme suas especificações). Sem falar que acelera muito o tempo de produção.

Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 6

Rostos realistas de pessoas fake não são apenas valiosos, como eliminam a necessidade de autorizações de modelos, preocupações sobre o uso sensível e limitações de uso dessas imagens.

Além disso, a vAIsual tem uma parceria com a agência PantherMedia, que possui uma biblioteca exclusiva de fotos de pessoas criadas por IA e legalmente seguras para serem usadas no Smarterpix — o site de fotos gratuitas da PantherMedia. Além disso, a agência segue trabalhando a todo vapor para começar a oferecer fotos com IA de corpo inteiro de uma pessoa.

Políticas referentes ao uso de dados em fotos de stock criadas por Inteligência Artificial — últimas atualizações

À medida que o mercado das imagens criadas por IA cresce, algo que também sofre ajustes são os aspectos legais do licenciamento das imagens de stock — eles seguem mudando com o objetivo de cobrir tudo, incluindo a regulação das fotos geradas por IA. Só para ter uma ideia, a IA precisa ser treinada em uma rede neural antes de poder transformar com sucesso uma entrada de texto em imagens. A maneira como a maioria das empresas está treinando esses algoritmos de aprendizado de máquina é através de fotos da vida real, o que inclui imagens de pessoas reais e, mais especificamente, suas características faciais — o que é bem conhecido como dados biométricos.

Isso traz à tona a questão da segurança desses dados biométricos, que tem aumentado à sua relevância desde que as primeiras imagens geradas com IA chegaram às mídias de stock. Pensemos um pouco mais nas técnicas de Deepfake e nas preocupações que várias celebridades expressaram sobre softwares que são capazes de criar moldes realistas e animados de seus próprios rostos que poderiam ser usados potencialmente em suas muitas formas. O mesmo se aplica àquelas não famosas, pois as mesmas objeções quanto a esses recursos faciais serem usados para treinar o software de IA sem seu consentimento também foram levantadas.

E, mais uma vez, temos que mencionar a abordagem inovadora da vAIsual. Eles se apresentam como os “caras dos dados limpos” e, de fato, são mesmo: suas imagens de pessoas criadas por IA são geradas com base em redes neurais treinadas com a sua própria biblioteca de retratos. Além disso, todos os modelos da vida real apresentados nesses retratos assinaram formulários de liberação biométrica e, portanto, a vAIsual detém todos os direitos autorais das imagens sintéticas produzidas a partir disso. Isso significa que seus conjuntos de dados — passíveis de licenciamento — e as imagens geradas por IA criadas com eles são legalmente limpas e seguramente licenciáveis.

Há não muito tempo, a marca/empresa bem conhecida e que já estamos bem familiarizados em fotografia de stock, Getty Images, também deu os seus passos em direção ao futuro, atualizando recentemente às suas liberações de modelo para incluir a IA, aprendizado de máquina e dados biométricos. Com o seu novo formulário Enhanced Model Release — desenvolvido com a entrada do DMLA — a principal potência em bancos de imagens visa oferecer privacidade de dados para seus modelos em relação ao uso de sua imagem e semelhança para treinar os algoritmos de aprendizado de máquina usados para criação de fotos através de IA. Embora a estrutura legal para proteção desses dados biométricos ainda esteja em andamento, o fato de uma grande agência como esta já estar adaptando suas formas jurídicas para incluí-la é uma forma notável de apontar para onde a indústria está se movendo.

Já no caso da recém-fundada DALL-E, um ponto interessante em relação ao marco legal, é os plenos direitos de uso comercial para o conteúdo gerado em sua plataforma. Os responsáveis pela política de conteúdo e medidas de segurança do software trabalharam muito na proteção legal da própria companhia, no seu conteúdo e nos direitos de todos, criando protocolos que impedem tentativas de criar fotos de figuras públicas (como celebridades) e indivíduos reais, ou de gerar conteúdo considerado prejudicial como violência, conteúdo com tema adulto, política, fake news, etc…

Desde o princípio, o sistema simplesmente removeu “tags” e conteúdo envolvendo celebridades para garantir que o software não criasse nenhum tipo de conteúdo relacionado a elas. No entanto, não há muitas informações sobre os dados biométricos e de direitos autorais das imagens usadas para treinar o software. Legalmente falando, até momento, as imagens do DALL-E não são totalmente liberadas para uso legal, o que é obrigatório ao usar visuais de forma comercial.

Ferramentas que surgem para o policiamento das fotografias com IA

Em conexão com a privacidade dos dados biométricos, outro campo da tecnologia que parece estar se desenvolvendo é o da política de rastreio de imagens com IA. Isso consiste em nada mais nada menos do que ferramentas que podem detectar/sinalizar as fotos criadas por IA.

Aqui as imagens de pessoas também são o foco principal. Em um mundo onde quase todas as plataformas e mídias sociais exigem uma foto de perfil do usuário, se faz mais do que necessário identificar e diferenciar as fotos de pessoas fake das fotos de pessoas reais. Isso parece soar um tanto “Sci-fi” para você?

Já podemos adiantar que algumas dessas ferramentas já estão disponíveis. A V7 Labs lançou recentemente uma extensão para o Chrome baseada em IA que identifica fotos de pessoas criadas por IA (destinadas a sinalizar perfis online falsos). Essa ferramenta apresenta uma eficiência de 99,2%. Embora esse número pareça importante para se levar em conta, nós testamos imagens de pessoas da vAIsual via Smarterpix AI e a ferramenta não reconheceu nenhuma delas.

Imagens Criadas por IA: a próxima geração das mídias de stock! 7

Além de levar em conta a precisão dessa ferramenta para reconhecer esse tipo de conteúdo, é inegavelmente importante que, com a perspectiva de divulgação das imagens de pessoas criadas a partir de IA, a ferramenta consiga diferenciá-las das fotos de pessoas reais em determinados contextos. Por exemplo, segundo especialistas, se você quiser usar a imagem de uma pessoa criada com IA como o seu avatar, isso pode não trazer nenhum problema. Mas, caso o seu objetivo é usar essa mesma imagem fake criada com inteligência artificial em um perfil falso do LinkedIn para enganar pessoas, ou disseminar preconceitos e estereótipos sociais, ai, sim, você pode problemas.

Perguntas Frequentes

As imagens geradas com IA ainda são desconhecidas em muitos aspectos e, consequentemente, muitas perguntas surgem. Veja a resposta das mais frequentes.

O que gera as imagens por IA?

As Imagens por IA são aquelas geradas por meio de inteligência artificial. Basicamente, é um conteúdo digital criado do zero a partir de um prompt de texto.

Onde a IA é utilizada?

Embora exista campo para melhorias, a IA é utilizada em praticamente tudo relacionado a tecnologia.
Desde sugestões para músicas, vídeos, filmes, artigos de compra relacionados a pesquisas e interesses pessoais ou de grande necessidade, a IA está presente em setores farmacêuticos e médicos e é amplamente usada para a definição de diagnósticos, sistemas de GPS e principalmente na geração de imagens de stock.

Quem cria a IA?

O estudo e desenvolvimento desse ramo de pesquisa tiveram início na Segunda Guerra Mundial. Os principais idealizadores foram os cientistas: Hebert Simon, Allen Newell, Jonh McCarthy e vários outros, que com objetivos em comum tinham a intenção de criar um ser que simulasse a vida do ser humano.

A inteligência artificial é uma área da computação que busca por meio de mecanismos e/ou dispositivos simular o mesmo comportamento humano na hora de resolver problemas, fazer escolhas, tomar decisões ou agir de determinada forma.

A tendência é que as fotos criadas por IA só evoluam

Que as imagens criadas por inteligência artificial não param de evoluir, isso é um fato. E, sinceramente, podemos dizer que essa evolução é bem significativa e aponta para o sucesso.

Como uma recapitulação, a vAlsual e outras empresas inovadoras já estão tornando possível criar imagens de tudo, incluindo de pessoas, partindo do zero. A Getty Images — e potencialmente todo o setor de fotografias de stock — já está trabalhando em atualizar os seus formulários de termos legais e políticas de segurança de dados com o objetivo de cobrir dados biométricos relacionados ao treinamento do software de IA. Já outros desenvolvedores estão trabalhando para criar ferramentas que consigam reconhecer e diferenciar uma foto gerada com IA de uma foto “tradicional”.

Essa novidade está apenas começando! Temos que esperar e ver o que mais virá! Você está animado assim como nós?

Ivy Attie

Ivy Attie

Eu sou Diretora de Conteúdo, Pesquisadora e Autora da Stock Photo Press e de suas muitas publicações sobre mídia de estoque. Eu sou uma comunicadora apaixonada pelo conteúdo visual e possuo uma sede inesgotável de conhecimento. Tive a sorte de entrar no mundo das fotografias de acervo trabalhando lado a lado com renomados especialistas. Sou feliz em compartilhar com toda a comunidade criativa minhas pesquisas, opiniões e conselhos sobre direitos de uso de imagens, ofertas de ações fotográficas e da indústria de mídia de ações. Minha formação é em Comunicação e Jornalismo, e amo literatura e artes cênicas.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Bancos de Imagens
Logo
Shopping cart